Divulgação informativa e cultural da Escola Secundária/3 Camilo Castelo Branco - Vila Real

quarta-feira, 20 de março de 2019

Projeto: “Feito à mão” - Dia do Pai

Para esta data comemorativa (19 de março) que homenageia anualmente a figura familiar paterna, algumas alunas das turmas 7ºA, 8ºC e 9ºA fizeram um despeja bolsos para oferecer ao pai, no Projeto “Feito à mão” - atelier de costura.

Vamos lá pensar em fazer algo para a mãe querida no primeiro domingo de maio! Cá vos esperamos na mediateca!!





segunda-feira, 11 de março de 2019

Projeto: “Feito à mão”


No âmbito da parceria com o Atelier Solidário de Vila Real, o projeto “ Feito à mão” concluiu mais dez vestidos para ajudar o projeto “dress a girl around the world - Vila Real”. Os vestidos foram entregues à coordenadora do atelier Joana Rodrigues. Agradecemos a colaboração de toda a comunidade escolar que entregou tecidos, elásticos, rendas variadas e peitilhos em crochet. Sem dúvida, juntos ajudamos mais a costurar sorrisos e a fazer feliz quem veste os vestidos!


Maria do Carmo Silva




XXXVII Olimpíadas Portuguesas de Matemática

Mariana Vilela Marta Rio Costa, do 9º E, foi apurada para a Final Nacional das Olimpíadas de Matemática. 
A Final Nacional realizar-se-á de 4 a 7 de abril de 2019.

ZONA NORTE (CATEGORIA – A)
Ana Francisca Armada - Colégio D. Diogo de Sousa (Braga) - 8.º
Francisco Marinho da Cunha Martins Gomes - Externato das Escravas do Sagrado Coração de Jesus (Porto) - 8.º
João Carlos Azevedo Maia Silva -Colégio Novo da Maia (Maia) -9.º
João Miguel Fernandes da Costa - Externato Ribadouro (Porto) -9.º
Luís Alberto Miranda Carneiro - Escola Secundária Fernão de Magalhães (Chaves) - 9.º
Luiz Henrique de Souza Correia - Escola Secundária Carlos Amarante (Braga) - 9.º
Mariana Vilela Marta Rio Costa - Escola Secundária com 3.º ciclo Camilo Castelo Branco (Vila Real) - 9.ºE
Miguel Cepas Correia de Paiva Valente - Colégio Luso-Francês (Porto) - 8.º
Pedro Miguel Ramos da Fonseca - Agrupamento de Escolas da Madalena (Madalena) - 9.º
Tiago Oliveira Marques - Colégio Internato dos Carvalhos (Pedroso) - 9.º

Desfile de Máscaras de Carnaval



ESCOLA SECUNDÁRIA CAMILO CASTELO BRANCO
 “Surrealizar” o Carnaval
                A comunidade escolar da Escola Secundária Camilo Castelo Branco assistiu no dia 1 de março, durante o período da manhã, ao já tradicional, e sempre aguardado com grande expectativa, desfile de Carnaval, que decorreu no átrio da entrada principal e coloriu criativamente o Largo dos Freitas. 
Esta atividade foi dinamizada pelo grupo disciplinar de Artes Visuais, sendo intervenientes os alunos do 10º, 11º e 12º anos do Curso de Artes Visuais e do 3º ano do Curso Profissional de Técnico de Apoio Piscossocial.
Este ano letivo, o movimento Surrealista, nascido em França na década de 20, tornou-se pretexto para o desenvolvimento de trabalhos de extensão de aprendizagens em sala de aula. Desta forma, os alunos, individualmente ou em grupo, vestiram roupagens e adereços, concebidos e produzidos com intencionalidades decorrentes de explorações plásticas sobre o universo surrealista. A provocação de “Surrealizar” foi, também, o desejo de reinventar formas e de contribuir para o pulsar da vida da escola e da cidade.
Foram apresentados figurinos inspirados na obra de Salvador Dalí, Vladimir Kush, Frida Kahlo e René Magrite, em filmes de animação e na mitologia grega. Os alunos da turma E, do 10º ano de escolaridade, revisitaram temas como o amor de Dalí pela sua musa Gala, a dor de Frida, a robotização e a despersonalização do ser humano, a sociedade do “ou preto ou branco”, mas também a busca incessante pela liberdade, o poder catártico da imaginação, agrilhoada e libertada.
Já os alunos das turmas G e J, do 11º ano de escolaridade, surpreenderam com figurações que encontraram na Natureza e na mitologia grega o mote para a expressão do questionamento do eu na multiplicidade das suas máscaras, do ressurgimento das próprias cinzas, da metamorfose, das memórias.
Quanto ao 12º ano, os alunos da turma F, com as suas performances, mostraram a inexorável passagem do tempo, a chuva de pensamentos, as barreiras subjacentes à excessiva imaginação, o “guardador de segredos”, a busca incessante pela inexistente e desumana perfeição, o subconsciente preso pelo destino, o carácter absurdo do sonho, a constância do pesadelo, desvendando assim a importância do inconsciente na criatividade do ser humano.
Finalmente, a turma 3ª A repovoou o imaginário de todos os presentes com a apresentação de vestimentas exuberantemente criadas a partir das personagens de Marvel, de obras de literatura infantil como “ A Bela Adormecida” e a “ Cinderela”, de filmes de animação como “ Eduardo Mãos de Tesoura” e “ Alice no País das Maravilhas” e de obras de Dalí. 
O público assistiu, entusiasmado, às notáveis recriações que ultrapassaram o expectável e os limites à imaginação.
Um grande bem-haja aos alunos pelo empenho, aos pais, encarregados de educação e familiares pelo apoio, ao  projeto "Feito à mão" pela colaboração, aos professores do grupo e a todos os colaboradores que participaram como elementos do júri ou na reportagem fotográfica.  

A equipa de comunicação






Prémios Individuais


      Expressividade perfomativa na apresentação do trabalho

 Leonardo Martinez, 10.º E.



 
Lara Botelho, 10.º E


 Clara,11.º G

Criatividade na recriação




 Leonor Silva, 10.º E




Miguel Salzedas, 11.ºJ


 
Maria João, 11.ºJ



Rute,  11.ºJ

Rigor de execução e de utilização adequada de materiais


 Leandro, 10.ºE




12f -  prémio individual-  Lourenço




12F- prémio individual - Maria Índia




Carmo,  11.º j  - prémio rigor de execução

                                                         Carina, 11.º G- prémio rigor de execução




José Pedro, 11.º J - Expressividade perfomativa na apresentação do trabalho





Maria João, 11.ºj - criatividade 


Milagros, 11.º j
Expressividade perfomativa na apresentação do trabalho


Filipa, 11.ºG - criatividade na recriação  
 
   Inês, 11.º G- criatividade
 
 
 
 
 
Laura Franco, 12.ºf -  Prémio individual  



Afonso Fraga
prémio dos prémios 
 


Expressividade perfomativa
Raul, 11.ºj
 
Prémios Grupos



11.º G - grupo-  Andreia, Beatriz, Francisco, Beatriz Oliveira,  Inês

 
 


12.º F - prémio grupo-  Adriana, Claúdia





10.º E -Expressividade perfomativa - Bruna Pereira, Filipa e Francisca 
 


3.ºA -grupo criatividade - Inês Miranda, Ana Rita, Diana Anjos 



3.ºA  - Expressividade perfomativa-Luís,  Joana e Tânia



3.ºA -grupo prémio rigor de execução - Cristiana Igrejas, Inês Gonçalves


10.ºE - grupo prémio rigor de execução - Lia e Marta 



10.ºE - grupo prémio rigor de execução





Prémio dos prémios grupo
 Mariana Suzana André 



Prémio grupo Expressividade perfomativa
Anita, 10.ºE;  Beatriz Caldeira, 11.º G


Prémio grupo 12.º F 
Beatriz Costa



Rigor e execução - prémio grupo 
Ana Pedroso e Ana Sampaio -10.º E 





Manuel Gouveia e Rafael 
prémio grupo 10.ºE


  

Rigor e execução
Teresa, 11.º J


Prémio grupo 12. º F 
Francisca Rito

 





quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Trabalhos realizados no 1º semestre na disciplina de TÉCNICAS DE EXPRESSÃO ARTÍSTICA


“O que ouço esqueço, o que vejo lembro-me, o que faço aprendo”

O tempo distancia-nos dos acontecimentos e depura o essencial das tarefas que convidamos os alunos a realizar.

As experiências sobre o que fazemos, pela sua divulgação, prestam-se à crítica, são um testemunho do que permanece em nós perante o constante devir de material físico e humano que é colocado ao nosso cuidado.

O que antecipadamente consideramos mais correto é, repetidas vezes, posto à prova pelo contexto que, por vezes, legitima diferentes abordagens ou enquadramentos do previamente estabelecido.

Nos alunos, a sua vontade de olhar, ver e experimentar coisas diferentes é essencial para o seu desenvolvimento pessoal, pois leva-os a quererem ver para além dos muros que os rodeiam. Ao Professor cabe a tarefa de os ajudar a redesenhar a sua envolvente, construindo-lhes aberturas com propósito.



Presépios em Cartão (Oferta de Escola – Técnicas de Expressão Artística - 8º anos)

Materiais: cartão canelado de diferentes espessuras; x-ato; cola; régua; esquadro; compasso; lápis de grafite; papel vegetal.

Com os presépios em cartão, os alunos descobriram que trabalhar com materiais já usados e reciclá-los (dar-lhe uma nova utilidade / nova alma) exige que nos desprendamos de preconceitos e nos foquemos, essencialmente, nas suas qualidades expressivas.





MÁSCARAS DE CARNAVAL (Oferta de Escola – Técnicas de Expressão Artística - 8º anos)

Materiais: gaze gessada e outros.



As imagens da atividade das máscaras de carnaval evidenciam, essencialmente, a interação e entreajuda dos alunos da turma. A partir do rosto dos seus colegas os alunos experienciaram o processo construtivo das máscaras de carnaval e aprenderam a estabelecer os laços de grupo indispensáveis à concretização dos seus trabalhos.


Prof. David Dias